Operação Guardiões do Bioma terá nova fase de combate a incêndios

Leia Também

Composta pela Polícia Federal (PF), Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Operação Guardiões do Bioma visa coibir práticas criminosas na Amazônia legal, em especial queimadas e incêndios.

Com mais de R$ 200 milhões de investimentos do governo federal, a ação conjunta iniciará uma nova fase no próximo dia 20 de junho, informou hoje (14) o diretor de Operações do Ministério da Justiça e Segurança Pública, delegado Fernando de Souza Oliveira, em entrevista ao programa A Voz do Brasil.

Sobre a eficácia da operação, inaugurada em 25 de março, Oliveira afirmou que a Guardiões do Bioma foi responsável por eliminar 30% dos focos de incêndio na floresta, ou seja, cerca de 17 mil ocorrências.

Segundo o delegado, a operação também foi responsável por retirar cerca de R$ 221 milhões em máquinas e equipamentos do crime organizado que atua nas regiões. Fernando de Souza Oliveira disse ainda que a expectativa é de superar os resultados da primeira fase da Guardiões do Bioma.

“A expectativa é a melhor. Neste ano teremos seca, mas não aquela seca tão rigorosa quanto a do ano passado. Já começamos a integração de todas as forças e estamos captando recursos para repassar aos estados, capacitando bombeiros. Então todo o aparato já está montado”, explicou.

Assista ao programa:

Fonte: Agência Brasil

- Publicidade -
- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

- Advertisement -spot_img

Notícias Relacionadas

- Advertisement -spot_img